terça-feira, 10 de abril de 2012

À janela!


Deviam ser todas assim! Com uma janela para ir vendo a evolução sem perturbar, mas com um limpa-para-brisas, que não é o caso desta, que qualquer dia não deixa ver nada...
Pela pouca atenção que davam às taças reais atrevo-me a dizer que se encontram, para já, vazias, embora esteja com bastante força o enxame, com postura até nos favos criados recentemente, os mais brancos, à direita.
Como o espaço é pequeno e demasiado horizontal muito provavelmente vão enche-las, há que andar atento, para depois chamar o Sr. Taranov, caso haja necessidade!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.